Profissionais  >  Azeite de Marca  >  Classificação

Classificação

Classificação do Azeite

De acordo com a legislação vigente, as designações e definições dos azeites e óleos de bagaço de azeitona são as que se seguem (Regulamento (CE) nº 1234/2007 do Conselho de 22 de Outubro de 2007)

1 Azeites Virgens – Azeites obtidos a partir do fruto da oliveira unicamente por processos mecânicos ou outros processos físicos, em condições que não alterem o azeite e que não tenham sofrido outros tratamentos além da lavagem, da decantação, da centrifugação e da filtração, com exclusão dos azeites obtidos com solventes, com adjuvantes de acção química ou bioquímica ou por processos de reesterificação e qualquer mistura com óleos de outra natureza.

Os Azeites virgens são classificados e denominados do seguinte modo:

    a) Azeite virgem extra – Azeite virgem com uma acidez livre, expressa em ácido oleíco, não superior a 0,8 g por 100 g e com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.

    b) Azeite virgem – Azeite virgem com uma acidez livre, expressa em ácido oleíco, não superior a 2 g por 100 g e com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.

    c) Azeite lampante – Azeite virgem com uma acidez livre, expressa em ácido oleíco, superior a 2 g por 100 g e/ou com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.


2 Azeite refinado – Azeite obtido por refinação de azeite virgem, com uma acidez livre expressa em ácido oleíco não superior a 0,3 g por 100 g e com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.


3 Azeite – composto por azeite refinado e azeite virgem - Azeite obtido por loteamento de azeite refinado e de azeite virgem, com exclusão do azeite lampante, com uma acidez livre, expressa em ácido oleico, não superior a 1 g por 100 g e com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.


4  Óleo de bagaço de azeitona bruto – Óleo obtido de bagaço de azeitona por tratamento com solventes ou por processos físicos, ou óleo correspondente, com excepção de certas características específicas, a um azeite lampante, com exclusão dos óleos obtidos por processos de reesterificação e qualquer mistura com óleos de outra natureza, e com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.


5 Óleo de bagaço de azeitona refinado – Óleo obtido por refinação de óleo de bagaço de azeitona bruto, com uma acidez livre, expressa em ácido oleico, não superior a 0,3 g por 100 g e com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.


6 Óleo de bagaço de azeitona – Óleo obtido por loteamento de óleo de bagaço de azeitona refinado e de azeite virgem, com exclusão do azeite lampante, com uma acidez livre expressa em ácido oleico superior a 1,5 g por 100 g e com as outras características conformes com as previstas para esta categoria.